Da esquerda para a direita: a estudante de sistemas da informação Vitória Fernandez confia no futuro; o pedreiro José Hortêncio vive de bicos esporádicos há mais de três anos; "nunca fui muito dada a bater cartão", diz a pesquisadora Plicila Ferreira; para Tarci Silva, o cobrador faz muito mais do que lidar com dinheiro.

Da esquerda para a direita: a estudante de sistemas da informação Vitória Fernandez confia no futuro; o pedreiro José Hortêncio vive de bicos esporádicos há mais de três anos; "nunca fui muito dada a bater cartão", diz a pesquisadora Plicila Ferreira; para Tarci Silva, o cobrador faz muito mais do que lidar com dinheiro. Fotos: Bob Wolfenson/Folhapress

E agora, Brasil? - Mercado de Trabalho

Um diagnóstico do mercado de trabalho no Brasil, os problemas e as propostas vindas de pesquisas, dados nacionais e internacionais e análises

Capítulo 1
Introdução

Série discute políticas públicas

Este é o segundo especial da série "E Agora, Brasil?", que a Folha publica ao longo de 2018. O objetivo, em ano de eleições, é apresentar diagnósticos e discutir propostas que possam contribuir para o debate e o encaminhamento de políticas baseadas em evidências. Em abril, o tema foi segurança pública.

Serão ainda abordados assuntos como desigualdade, educação, saúde, infraestrutura e finanças públicas.

Índice

Retomada lenta expõe marcas da crise e desafios para recuperação do emprego

Severa com menos escolarizados, crise aumenta informalidade

Jovens afetados por retração recebem salários menores pelo resto da vida

Tecnologia avança, mas vagas de baixa qualificação ainda são predominantes

Pelo menos 3% da população global vai precisar mudar de ocupação

Exclusão do setor informal reduz alcance de programas

Reforma trabalhista faz número de ações diminuir, mas trava negociação entre sindicatos e empresas

Propostas para gerar emprego e renda